/, Notícias/Evento: Literatura, Passado em Prosa – Ecos do Tempo Perdido

Evento: Literatura, Passado em Prosa – Ecos do Tempo Perdido

O ciclo de bate-papos PASSADO EM PROSA, com os autores da Coleção A Capital e em parceria com o SESI Cultura, continua na terça-feira, 13 de agosto, das 19:00 às 20:00 com o historiador Vidal Antônio de Azevedo Costa, que falará sobre elementos formadores da ideia de modernidade em Curitiba durante a Primeira República.

O livro “Ecos do tempo perdido; fragmentos da gênese de uma temporalidade moderna” trata da modernidade cultural pelo viés do imaginário utilizando a tecnologia na passagem do século XIX para o século XX. Essa edição do projeto Passado em Prosa é realizada a partir de uma pesquisa para o doutorado em História que procurou resgatar um panorama de modernidade por meio de elementos formadores desse novo tempo, das máquinas voadoras às primeiras guerras midiáticas.

A pesquisa explorou as notícias e matérias de jornais e revistas, em um levantamento extenso, cobrindo décadas no período da virada do século até a I Guerra Mundial, com uma linha narrativa que ao final deixa o espaço do real e busca referências no imaginário presente na literatura do período, através das obras de H. G. Wells.

A tese resultante, publicada como um dos volumes da Coleção A Capital, expõe um pouco da forma fragmentada pela qual o olhar da cidade percebeu o tempo que mudava ao seu redor, ao mesmo tempo que era, ele próprio, alvo de mudanças.

PASSADO EM PROSA no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França na Av. Mal. Floriano Peixoto, 458, Centro, na terça-feira, 13 de agosto, das 19:00 às 20:00

#Coleçaoacapital

Abaixo, a palestra realizada no ciclo Curitiba em Seu Tempo, uma colaboração da Factum com o Sesc Paço da Liberdade:

2019-08-01T11:27:35+00:00destaques, Notícias|